Polícia

Grande apreensão de droga: Bebê de 3 meses e criança de 3 anos citados no BU

Postada em: 18158

Uma criança de três anos e outra de apenas três meses de idade, ambas filhas de uma mulher que se chama Marli, foram entregues ao Conselho Tutelar durante os trabalhos das polícias Militar e Civil, que resultaram em quase 20 kg de drogas retirados das mãos de traficantes, fato publicado no Site Eu Vi em Linhares nesta sexta-feira (13).

Leia também – PM e PC apreendem quase 20 Kg de drogas no Santa Cruz e Interlagos

Marli, de acordo com informações da Polícia Militar contidas no Boletim Unificado 35901298, tem 31 anos e foi presa juntamente com o companheiro, de nome Jhulio e que tem 26 anos, em uma casa na Avenida Vasco Fernandes Coutinho, bairro Interlagos.

No local foram encontradas uma mala de cor rosa no quarto contendo tabletes de maconha, e uma caixa dentro da geladeira, também com droga, totalizando 14,4 kg. O casal, ainda segundo o BU, ficava livre do aluguel e recebia uma quantia de R$200,00 semanais pela contribuição aos negócios de outro casal, Vandeilton e Aline, de 26 e 28 anos, respectivamente. Jhulio disse que sua função era guardar o entorpecente para Vandeilton.

Antes da ação no interior da casa, ele foi abordado após policiais observarem que entrara e saíra de um veículo Celta que chegou ao bairro e estacionou perto da casa. Quando foi para o interior do carro, Jhulio voltou com uma bolsa preta contendo aproximadamente 1,450 kg de maconha.

Ele havia pego a droga com Vandeilton e Aline, ainda segundo a PM, levantamentos realizados constataram que Vandeilton e Aline seriam os responsáveis por fazer as distribuições dos entorpecentes em Linhares, e seriam integrantes de uma organização criminosa que tem como chefe do tráfico um individuo conhecido como Jho.

Do Interlagos para o Santa Cruz

Após os trabalhos no bairro Interlagos, a Polícia Militar seguiu para o outro ponto onde estaria mais uma parte dos entorpecentes: A Rua Fabrizio Barbosa Gonçalves, bairro Santa Cruz.

Com a participação também da Polícia Civil, no local indicado nas diligências um indivíduo, ao perceber a presença das guarnições, tentou fugir pulando da janela de sua residência, que fica no 2º andar, vindo cair no telhado da casa da rua de trás.

Foi feito o cerco, e ocorreu a detenção. O indivíduo que teve a fuga frustrada foi identificado como Carlos Henrique, de 28 anos, o qual, ainda conforme o BU, seria responsável por armazenar uma parte da droga da organização criminosa.

Na casa dele foi encontrada uma sacola contendo 40 pedaços de crack que totalizaram um quilo. E no imóvel estava uma jovem de nome Marthielly, companheira de Carlos, a qual também é apontada como integrante da organização criminosa e tinha conhecimento do material ilícito que estava em sua residência.

O BU cita que “Diante dos fatos, e com base nas informações levantadas, destaca-se que todos os envolvidos da organização criminosa têm forte atuação no tráfico de drogas na cidade e região de Linhares”.

Droga veio de Vitória

A ação das polícias Militar e Civil nesta sexta-feira (13) deu continuidade a outro BU, o de número 35896104, gerado no dia anterior, quando através de levantamentos realizados pela Polícia Civil e a Polícia Militar, foi descoberto que estaria chegando uma grande quantidade de entorpecentes na cidade de Linhares, o qual estaria vindo de Vitória.

Na ocasião, as informações deram conta de que um casal identificado como Izaias e Bruna foram abordados no interior de um veículo Vectra de cor branca, alcançado e abordado pela Força Tática, na Rodovia BR-101, na entrada do bairro Santa Cruz.

A droga, segundo os levantamentos, seria trazida por Bruna que a entregaria a Izaias. Nas buscas, foi encontrada apenas uma arma de fogo, modelo pistola calibre 765, e a teoria, segundo o BU, é que a droga já havia sido armazenada, sendo a apreendida nesta sexta.

Os citados nos dois BUs foram entregues a autoridade policial plantonista para a adoção das medidas cabíveis. Carlos foi entregue com pequenas escoriações pelo devido a queda que tomou no momento em que pulou da janela do 2º andar.

O veículo Celta utilizado por Vandeilton para o transporte do entorpecente, também foi apreendido e entregue na Delegacia.