Quinta, 24 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Polícia R$ 100

Nota R$ 100 falsificada: Mulher é detida em Sooretama

Comerciantes são citados como vítimas em BU, e dinheiro pode ter sido usado também em Linhares.

06/04/2018 07h36
Por: Redação
Nota R$ 100 falsificada: Mulher é detida em Sooretama

Comerciantes de Sooretama e Linhares fizeram um alerta através de aplicativos na rede social sobre um casal que estava realizando compra de pequeno valor e pagando com nota de R$ 100 ,00. O problema é que as cédulas usadas para pagamento são falsificadas. Ao Site Eu Vi em Linhares, um colaborador de um comércio disse que "a mulher e um rapaz são acima de qualquer suspeita, e saem rapidamente assim que recebem o troco no caixa. Agiram em Sooretama, mas com certeza também passaram por Linhares".

Teve denúncia junto à Polícia Militar, em Sooretama, onde o Boletim Unificado 35832052 gerado às 15h50 na Rua Henrique Alves Paixão, Centro, traz informações de que a mulher que aparece nas fotos em destaque foi detida. Ela tem 56 anos e teve apenas o prenome Solange divulgado pela PM. A mulher foi denunciada por comerciantes, que citaram a sua fisionomia e a de um casal a bordo de um veículo  Hyundai Ix35 de cor prata, da cidade de Vitória. Quando foi abordada, a mulher estava a pé e o carro citado não foi localizado.

Dinheiro falsificado veio de Jardim Camburi

Com a abordada, cita o BU, foi encontrado uma bolsa contendo R$307,55 em espécie. Solange disse que o dinheiro foi obtido através de seu trabalho como diarista. Além do dinheiro também foi encontrado uma blusa branca com etiqueta. Havia, também, um valor de R$90,00 no bolso da abordada e ela confirmou que era troco de uma nota de R$100,00 após comprar uma blusa em uma loja no centro de Sooretama.

Conforme a PM informa  no BU, questionada se sabia se as notas utilizadas eram falsas, a  mulher afirmou que sim, e ainda relatou que o filho dela, de nome Gabriel, que tem 23 anos, e mais uma moça de nome Cristiane, ocupantes do veículo citado acima, haviam recebido as notas de R$100,00 de um terceiro, morador de Jardim Camburi, em Vitória.

Ainda segundo a mulher, o filho e a jovem lhe entregaram as notas falsas para que ela comprasse itens de menor valor e recebesse o troco em notas verdadeiras. Uma lojista disse que a mulher chegou sozinha em seu estabelecimento, escolheu uma blusa no valor de R$10, e ao pagar entregou uma nota de R$100,00. Ao recebê-la não percebeu sua falsidade, pois passou uma caneta que pode identificar notas falsas e utilizou luz ultravioleta, contudo, não indicou que a nota era falsa. Quando a mulher saiu, contudo, a lojista percebeu que a nota estava muito lisa e que tinha nuances de cores distintas da nota verdadeira. Ao saber que a suspeita havia sido abordada, a reconheceu como sendo a senhora que lhe passou a nota falsa.

Já o rapaz foi citado como o indivíduo que chegou a bordo de um carro prata e deixou uma jovem no veículo antes de comprar uma roupa para recém-nascido do sexo masculino, no valor de R$39,99, a qual pagou com uma nota de R$100,00. Quem puder ajudar a polícia deve ligar para o 181 ou 190, e não precisa se identificar.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias