Domingo, 12 de Julho de 2020
27 99808-4347
Eu Vi Em Sooretama Carcere

Mulher é resgatada de cárcere privado em Sooretama

Um homem de 50 anos foi preso.

06/02/2018 13h39
Por: Redação
Mulher é resgatada de cárcere privado em Sooretama

A Polícia Civil de Sooretama resgatou uma mulher de 51 anos que estava mantida em cárcere privado na zona rural daquele município. De acordo com o delegado  Fabrício Lucindo Lima, a vítima vivia sob ameças de morte e mantida contra sua vontade em uma residência juntamente com Valdecildo Alvim, de 50 anos, que foi preso.

A ação se deu no final da tarde desta segunda-feira (5), após denúncia checada pela PC. Quando a viatura policial chegou, segundo o delegado, a vítima correu desesperada em direção aos policiais ara pedir socorro e informou que estava morando no local e convivendo com o homem de 50 anos há pelo menos oito meses. "Ela disse que vivia aprisionada e as vezes passava fome e outras privações, sendo vigiada o tempo todo e sob ameças de morte", contou o delegado.

Continua depois da publicidade

A vítima contou que as ameaçavas com um facão por parte do companheiro eram acompanhadas de agressão física. Dias antes de o cativeiro ser descoberto, segundo a vítima, o homem havia comprado uma corrente para aprisiona-la na residência.

Valdecildo foi preso pela prática do crime de cárcere privado e se condenado poderá pegar uma pena de dois a cinco anos de prisão. O delegado disse que apesar de todas a provas, o homem negou a prática do crime, mas após depoimento foi encaminhado ao sistema prisional do Estado,.

A mulher, por sua vez, ao tomar consciência de que realmente estava finalmente livre, chorou copiosamente e agradeceu a ação dos policiais civis que a libertaram. Ela foi para casa de parentes.

 

Continua depois da publicidade
3 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias