Polícia

Jovem baleado após briga em boate não resiste e morre no hospital

Postada em: 12631

Agora é homicídio o crime praticado contra o jovem Pedro Henrique Gonçalves Gomes, de 18 anos, após uma confusão em uma boate que fica na Rua da Conceição, Centro de Linhares. O Rapaz, que estava com morte cerebral desde domingo (3), veio a óbito nesta terça-feira (5). Com isso, já são dois jovens assassinados a tiros nestes cinco primeiros dias de dezembro de 2017 (clique aqui e confira dados do outro homicídio).

Conforme consta no Boletim Unificado 34659914 gerado às 03h58 de domingo (3), uma equipa da PM se deslocou até a boate (o nome não será divulgado) após receber informação dando conta de que um rapaz havia sido alvejado por disparos de arma de fogo e que o autor dos disparos estaria trajando camisa branca e bermuda preta e se evadiu em direção ao cais do porto, no Centro.

Leia também - Jovem de 18 anos é baleado em frente à boate no Centro de Linhares

A vitima foi socorrida por um conhecido e deu entrada em estado grave no Hospital Rio Doce. R.A., de 25 anos, morador do bairro Juparanã, apontado no BU como a pessoa que socorreu a vítima, disse que no final da festa, Pedro Henrique pediu uma carona, e no momento que a vitima entrou no veiculo, veio uma pessoa desconhecida e efetuou vários disparos contra seu carro, atingindo o carona.

Ainda segundo o BU, existem câmeras na rua onde aconteceu o crime, o que pode ajudar a polícia na elucidação. O telefone para denúncias é o 181.

O velório da vítima, conforme informou um morador do bairro Aviso, onde o rapaz residia, acontece em uma igreja, na Avenida Filogônio Peixoto. Nada foi informado sobre local e horário do sepultamento.