Esportes

Projeto social pede ajuda para incentivar Educação através do esporte

Postada em: 3797

Kimonos, faixas, tatames ou dinheiro para aquisição desses materiais. O pedido tem urgência para ser atendido e vem dos professores os professores Cesar Pedrini, Geremias Folli, Leandro Camuça, Fabio Fracalossi, Filipe Paiva, Tiago Severo, Renan Raimundi Valfré, Rodrigo Veigas, Mario Calmon, Pedro Bisi e Lucas Bragança, todos voluntários de um projeto social de incentivo à educação através do esporte.

Os 11 guerreiros não medem esforços para dedicação ao “ArenaDojo Educação & Jiu-Jitsu”, projeto que conta com cinco núcleos, cada um com cerca de 50 crianças atendidas gratuitamente nos bairros Interlagos, São José e Movelar, além de Bebedouro e Regência.

A luta para manter as atividades não se intimida com a dificuldade mediante a falta dos materiais citados acima e, de acordo com um dos professores, a perspectiva é, em breve, inaugurar outros espaços.

Animado e muito esperançoso de que algum empresário abrace a causa, o professor diz que até se emociona ao ouvir relatos de meninos e meninas atendidos nos núcleos. Ele explica que as aulas gratuitas são oferecidas as terças e quintas-feiras, fora do horário escolar, para alunos de 07 a 17 anos. Mas esclarece: “É de graça e tem sido a diferença na vida dessas crianças e adolescentes. Só que para participar é necessário que estejam matriculados no colégio onde o projeto está montado, e se faltar demais é excluído. Tem que ter bom comportamento e frequência na sala de aula”.

Quem quiser marcar para visitar o projeto, basta ir até o ArenaDojo, na Rua Álvaro Garcia Durão, 861, bairro Três Barras, que também é o endereço onde as doações devem ser entregues. Contatos também podem ser mantidos através do telefone (27) 99929-8899.

O projeto existe desde 2016, e começou no bairro São José. Em seguida foi aberto um núcleo em Bebedouro, depois em Regência, Interlagos e Movelar. O Objetivo, além de atrair a atenção para o esporte, é o incentivo à educação através do mesmo.