Meio Ambiente

Ruas de Linhares ganharão 6 mil mudas de árvores e cada uma terá um padrinho

Postando em: 46736

Um projeto de rearborização para 60 ruas do município de Linhares e que consiste em cerca de 6 mil mudas plantadas, vai dar o que falar e quem agradece é a natureza. A iniciativa da Prefeitura de Linhares prevê o envolvimento da população, que terá parte importante neste processo.
De acordo com informações contidas no site da Prefeitura, a Agência Nacional de Desenvolvimento Econômico Social e Defesa Ambiental - Andesa, executará o projeto, batizado de "Adote Linhares", em busca de criar um ambiente social propício para que as mudas plantadas sejam protegidas pela própria população.
Para isso, diz a publicação, um curso de 40 horas será oferecido a 500 agentes ambientais voluntários, abordando temas como efeito estufa, legislação ambiental e práticas ecológicas. Além disso, mais 2.500 pessoas serão recrutadas como influenciadores sociais, em busca de propagar a importância de proteger as novas árvores.
A Andesa, conforme a informação, apresentou seu planejamento de trabalho ao novo secretário de Desenvolvimento, Luciano Cabral, na manhã desta segunda-feira (6). "O projeto, que foi idealizado pela Prefeitura de Linhares e será executado pela Andesa, visa a melhoria do bem estar da população, uma vez que a arborização é fator comprovado de melhoria da qualidade de vida", afirma Cabral. "Esperamos que seja o início de uma mudança de comportamento", completa.
Padrinho
Cada uma das mudas terá um padrinho. O nome do projeto vem deste ponto: os moradores adotarão as árvores, com direito a termo de responsabilidade e cartilha de cuidados. Os pontos de plantio e as espécies serão decididos após mapeamento das ruas. "É um projeto muito mais de educação do que de plantio. Queremos mobilizar Linhares em torno disso", explica a presidente da Andesa, Vanessa Gonçalves. A organização, que existe desde 2007, já atuou em projetos dentro e fora do Espírito Santo, tendo ações no Pará, Rio de Janeiro, Amapá, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.